Conteúdo e Bem-estar

A Terapia muda a vida de crianças com câncer

01-11-2010 21:29

 O uso das defesas do próprio corpo para combater o câncer ganhou força com a publicação de uma nova pesquisa nesta semana. 

Médicos americanos tratam 226 crianças com neuroblastoma agressivo, um tipo de câncer do sistema nervoso periférico, com quimioterapia comum ou associada à imunoterapia.

A taxa de sobrevida sem recaída após dois anos de acompanhamento foi superior entre as crianças tratadas com imunoterapia. A neuroblastoma é responsável por 12% das mortes por câncer em crianças com menos de 15 anos.

Apesar de o alvo serem as células doentes, a quimio também atinga as saudáveis, causando efeitos colaterais que podem inviabilizar o tratamento, dependendo da dose.

O objetivo da imunoterapia, também chamada de terapia biológica, é dar condições ao organismo para lutar contra o câncer.

 

 

 

 

 

Fonte: Folhapress/ Editora Arte

Imagens: biotecnologica.com