Conteúdo e Bem-estar

Notícias

25-08-2010 14:49

Contaminação em Jalecos

 

Os jalecos médicos podem atingir 95%de contaminação.

entre os micro-organismos identificados, está uma bactéria considerada um dos principais agentes de infecção hospitalar. É o Staphilococcus aureus. A pesquisa foi realizada por duas alunas da Pontíficia Universidade Católica (PUC-SP), Fernanda Dias e Débora Jukemura, com orientação da professora Maria Elisa Zuliani Maluf.

Esta proposta veio a partir da contratação de alunos e residentes que saíam para o almoço em bares e restaurantes vestidos com o jaleco. Essa elevada taxa de contaminação pode estar relacionada ao contato direto com os pacientes, aliada ao fato de os micro-organismos poderem permanacer entre 10 e 98 dias em tecidos de algodão e poliester, explica Fernanda.

14-09-2010 11:48

Cuidado com as Propagandas Enganosas dos Alisadores de Cabelo

Uma canadense de 39 anos que tinha cabelos longos e encaracolados passou a ter fios finos que caem a cada passada de mão. Ela passava férias na Canadá quando resolveu alisar os cabelos com o Brasilian Blowout, investiu mais de R$ 300 com o produto, o qual prometia efeito mais natural do que outras escovas permanentes.

Ela dise em entrevista que nas primeiras duas semanas, seu cabelo parecia ótimo. Até começar a cair. E não estava só caindo, mas quebrando. Ela diz também ter medo de lavá-los.

A empresa foi procurada por ela e a primeira reação foi atricuir o problema da canadense a estresse ou mudanças na dieta.

O Health Canada anunciou que o produto testado apresentava 12% de formaldeído, tóxico cuja concentração é limitada a 0,2% em cosméticos não orais, segundo as leis canadenses.

no site oficial, o principal produto da marca, agora suspenso nos EUA e no Canadá, era vendido como "o único tratamento alisador que melhora a saúde do cabelo. Sem estragos! Não contém formaldeído", dizia em letras garrafais.

Apesar de transferir a culpa para a companhia brasileira Cadiveu, responsável pelo conteúdo do alisador, a Brasilian Blowout afirma que o teste canadense está errado.

A Cadiveu afirma ter encerrado a parceria em 2008.

 

Folhaprees

 

15-10-2010 08:19

EAD cresce cada vez mais no Brasil

A modalidade EAD, ou Ensino a Distância, está cada vez mais presente na vida dos brasileiros, porém o país aida tenta se adaptar, pois quesoes como meia passagem e estágios por exemplo ainda é motivo de preocupação em algumas regiões.

As faculdades chamadas presenciais, que oferecem ensino de segunda a ábado, estão aos poucos aderindo ao EAD, mesmo assim ainda não é muito aceito. Em sua maioria os estudantes EAD, são trabalhadores, ou quem já está a muito tempo fora da escola por vários motivos. E esta modalidade veio para melhorar e facilitar a vida destes esudantes. Quem estuda à distância tem que ter disciplina, muita força de vontade e gosto pelo curso que escolher, pois o mérito é totalmente do aluno, que se dedica a estudar sozinho. 

No exterior é muito usado, no Brasil também, só que faltam muitos ajustes e claro reconhecimento do Estado.

 

 

 

15-10-2010 09:25

Os blogs estão crescendo

É crescente o número de blogs no mundo todo, e o Brasil não fica atráz, são milhões de blogs espalhados. Tem para todos os gostos e qualidades. Entretanto muito cuidado!

As informações contidas devem respeitar o público em geral, as fotos que você coloca devem ter origem correta e devidamente divulgada. copiar e colar não é proibido, mas, informe a origem do texto. Se for sua própria postagem, melhor.

No mais boa sorte e divirta-se com seu blog, tomando cuidado é claro com o português e com as imagens contidas, tomando sempre o cuidado de restringí-las a um público alvo.

15-10-2010 09:31

Um mundo de Informações

A internet está aí para aprendizado ou destruição. depende é claro do seu uso. então é necessário que mães e pais tomem todo o cuidado possível e impossível com suas crianças, jovens e adolescentes, a internet é um mundo cheio de armadilhas e muito traiçoeiro, fiquem de olho, afinal quem manda são vocês, pais.

Tem muita gente boa e ruim também. Tem muita novidade e informação, mas é necessário saber usar.

Usem a internet com consciência!

 

15-10-2010 10:24

Dengue? Comigo não se cria.

A união faz a força, é um dos ditados mais bem repetidos do mundo. eu faço a minha parte, mas, se o meu visinho não cumprir com suas obrigações de nada vai adiantar.

eu limpo meu quintal, deixo garrafas e tanques bem tampados, lixo orgânico no lixo, lixo reciclável em casas de coleta, areia nos vasos de plantas que agregam água, não deixo poças de água parada. Mas, e meu vizinho?

Temos que por a mão na consciência. afinal na hora de ficar doente o mosquito não escolhe suas vítimas.

15-10-2010 10:32

Seja nosso parceiro

Estamos convidando você que deseja fazer parcerias. Em breve nosso site estará agregando os blogs amigos de forma a divulgá-los. Existem muitos sites envolvidos neste sentido, por isso estamos trabalhando para oferecer o melhor em termos de agregador. O nosso maior objetivo é que você sinta-se seguro e confiante em colocar o seu tão importante blog, que para nós é um bem precioso.

15-10-2010 12:41

O despreparo dos professores

Em escolas ou faculdades o problema se repete, são inúmeros professores sem qualquer preparo para receber alunos especiais, ou seja, com problemas diversos entre eles os surdos e os que possem sindrome de down, mas, venho através deste artigo tratar de um problema grave e aparentemente invisível.

É a dislexia (para saber mais sobre o assunto visite o site: www.dislexia.com.br), são tantos os alunos com este problema nas salas de aula, que se for fazer uma pesquisa específica, o resultado seria assustador.

Colhi alguns relatos de alunos com uma enorme dificuldade para aprender um assunto dado em sala de aula, isso tudo mostra o desprearo do professor.

Um destes alunos disse estar apavorado com as notas que tira, pois estuda muito, muito mesmo, sua mãe fica preocupada, pois não consegue conter o filho. ele diz que por mais que tente entender, só consegue depois de cinco ou seis vezes a depender do texto lido.

O professor por sua vez não entende e não ajuda o aluno.

Este é apenas um dos milhares de casos, aprender a diferenciar um aluno desenteressado de um aluno com dislexia é de suma importância e urgência.

17-10-2010 11:34

O Uso da Célula Tronco na Beleza

No Japão, na Austrália e nos Estados Unidos, elas já são empregadas para rejuvenecimento da face e para dar mais volume aos seios e nádegas, no Brasil o debate sobre o método é complexo.

Tudo isso é porque logo de início as células-tronco eram associadas à cura de doenças como o Diabetes e o mal de Parkinson, agora são objetos de pesquisa para tratamento de beleza.

São ingeções de gordura da própria paciente misturada com um concentrado feito a partir das suas células-tronco.

Segundo a médica americana Karol Gutowski ainda não há estudos clínicos completos que demonstrem benefícios na medicina estética.

O uso de célilas-tronco na beleza estética tem sido motivo de preocupações ainda maiores por causa dos riscos de transformações dessas células pois elas têm um grande poder de crescimento em tecidos indesejáveis.

 

Reportagem de Adriana Prado

 

20-10-2010 15:01

Preconceito com pessoas que sofrem de Psoríase

Pesquisa inédita feita em oito capitais revelou que a psoríase é uma doença desconhecida e que causa medo.

3%da população possuem a doença. O preconceito gira em torno da convivência, como: serem vistas, frequentar a mesma piscina ou mesmo contratar um portador da doença.

A pesquisa apresentou fotos de pacientes com a forma leve e com a forma grave da doença aos participantes. O preconceito ficou mais evidente em homens, que disseram sentir nojo, pena e tristeza.

Além disso revelaram que, não namorariam, nem teriam qualquer outra relação e não contratariam para cargos de gerência.

A doença que já foi confundida com hanceníase, não é contagiosa.

Os fatores são vários, entre eles estão: características hereditárias, reações a medicamentos, doenças respiratórias e até traumas emocionais.

O tratamento da psoríase é feito com uma série de medicamentos e técnicas, que variam de acordop com a resposta do paciente.

Pode ser fototerapia, pomadas ou remédios que atuam no sistema imunológico. tudo com bastante critério, diz Lúcia Arruda, chefe de serviço de dermatologia da Pontíficia Universidade Católica de Campinas.

Procurar no site

Contatos